es-ESpt-PT

Projeto: Plataforma de Gestão de Resíduos de Biomassa



Justificação para a acção e objectivo:

De acordo com a Agência Europeia do Ambiente, a utilização da biomassa para fins energéticos tendem a crescer significativamente nas próximas décadas. As previsões apontam para uma quota de cerca de 25% no final do século, para a bioenergia, nas fontes de energia globais, incluindo petróleo, gás natural, energias renováveis e nuclear. Assim, as condições estão criadas para esse crescimento tem um baixo impacto sobre a degradação dos recursos do solo, biodiversidade e água.

Em termos europeus, o Plano de Acção "Biomassa" apresenta várias medidas para incentivar o uso de todos os tipos de biomassa e energias renováveis e que passa pelos seguintes três objectivos:

a) intensificar a promoção dos biocombustíveis na UE e os países em desenvolvimento e garantir que sua produção e utilização são positivas para o meio ambiente e contribuir para os objectivos da Estratégia de Lisboa, tendo em conta a questão da competitividade;

b) preparar para o uso em larga escala de biocombustíveis, melhorando a sua rentabilidade através da optimização do cultivo de matérias-primas destinadas especificamente para este fim, a pesquisa sobre biocombustíveis de "segunda geração" e suporte para penetração no mercado para a expansão de projectos de demonstração e remoção de barreiras não técnicas;

c) aproveitar as oportunidades oferecidas aos países em desenvolvimento no que diz respeito à produção de biocombustíveis e de matérias-primas para o efeito, e definir o papel que a UE poderá desempenhar no apoio ao desenvolvimento da produção sustentável de biocombustíveis.

De fato, identificou-se a necessidade de aumentar a R&D na região de fronteira de Portugal e Espanha nas áreas de desenvolvimento estratégico e nas áreas de energias renováveis, a fim de cumprir os objectivos ambientais e de energia nacional e europeu (Objetivos da UE: 20-20-20).

O objetivo específico deste projeto consiste no desenvolvimento de um sistema informático capaz de gerir resíduos de biomassa, pelo registo com base na informação georreferenciada dos técnicos que estão no terreno e outras informações que os resultados dos estudos sobre o uso de energia.

O desenvolvimento deste projeto pode criar condições para que esta plataforma pode ser transmitido não só em Portugal mas também em Espanha, proporcionando as condições para aumentar o uso de diferentes tipos de resíduos necessários para a produção de energia renovável. Necessário para o desenvolvimento de parcerias entre R&D e de negócios de áreas industriais e agrícolas, a fim de divulgar estas condições de boas práticas foram criadas.

Esta nova plataforma pode ser a semente para o aumento de emprego na região Europeia, já que pode criar empregos no futuro para a recolha deste tipo de resíduos de biomassa, que hoje não são recolhidos devido à ignorância do lugar onde eles estão, falta de coordenação, falta de rastreabilidade logística para as questões de recolha que se resolviam em parte com esta ferramenta.

Coordenador / Investigador responsável: Paulo Sérgio Duque de Brito (IPP) 

Parceiros: Instituto Politécnico de Portalegre (IPP)
Consejería de Empleo, Empresa e Innovación. CICYTEX. 

Equipa Técnica: Paulo Sérgio Duque de Brito (IPP), Valentim Alberto Correia Realinho (IPP), Luís Manuel Tremoceiro Baptista (IPP), Luís F. Frechaut T. T. G. Rodrigues (IPP), Miguel Belém (IPP), Jerónimo González Cortés (CICYTEX), Mª José Trinidad Lozano (CICYTEX), Adrián Montero Calvo (CICYTEX).